Como ensinar o gato a não subir nas coisas

Como ensinar o gato a não subir nas coisas

Ensinar o gato a não subir nas coisas é importante em vários aspectos. Primeiro, a convivência de vocês melhorará. Segundo, isso evita acidentes domésticos que arrisquem a saúde dos pets.

Porém é extremamente necessário que se reconheça a natureza dos bichanos. Eles adoram a altitude. Sentem-se confortáveis e seguros, quando no alto.

E então? Como ensinar o gato a não subir nas coisas e mantê-lo feliz? Essa é nossa missão, hoje, nesta matéria. E garanto que você, ao final, saberá exatamente o que fazer.

Vamos lá?

Gatos adoram a altura: lembre-se disso

Para poder ensinar o gato a não subir nas coisas, é preciso saber por que o fazem.

Gatos são animais belíssimos e muito bem desenvolvidos. Porém são frágeis, em relação a outros predadores.

Justamente por isso evoluíram em direção à altitude. Seu equilíbrio e leveza os fazem grandes escaladores. Além disso, tornam-se muito mais fortes nos galhos das árvores.

Como já dissemos antes, hábitos não se perdem facilmente. Mesmo vivendo em nossas casas, eles seguem respeitando os próprios instintos.

E é por tal que gatos sobem tanto nas coisas. Sobem nos telhados, se tiverem acesso. Eles querem estar confiantes e seguros. E é a altitude quem lhes entrega isso.

Todavia nem nós queremos os gatos em cima de tudo, nem eles devem subir em qualquer lugar. Esse é o segredo para ensinar o gato a não subir nas coisas indesejadas.

Uma mesa, um fogão ou um batente podem ser perigosos. Há quem sequer os queira sobre o sofá. E tudo bem. Acordos promovem acertos, e isso é ótimo.

Ensinar o gato a não subir nas coisas de um jeito fácil

Saber que adoram escalar é essencial para ensinar o gato a não subir nas coisas. Nossa criatividade e inventividade devem funcionar na criação de alternativas.

Você pode criar ambientes seguros e interessantes, os quais ele possa escalar.

Casas de cuco e plataformas são excelentes, por juntarem diversão com altura. Do mesmo modo, prateleiras e superfícies destinadas a eles saciarão a necessidade.

Clique aqui e avalie algumas opções de casinhas e arranhadores que separamos pra você.

O ideal, para que entendam onde pode e não pode, é reagir a tempo e com carinho. Se estiverem num lugar aceitável, palavras doces e carícias os motivarão a voltar lá.

Por outro lado, ensinar o gato a não subir nas coisas impróprias e perigosas funciona do modo inverso. É necessário exprimir, pela voz e atitude, que estão fazendo algo errado.

No entanto gritar ou lançar objetos é violento e cruel. Bater, em nenhuma circunstância, pode ser opção.

Animais jamais fazem coisas por maldade. Longe de ensinar o gato a não subir nas coisas, violência o tornará triste e agressivo.

Não é, também, necessário ser “fofo”, no momento da bronca. Você deve se impor, sem exaltações. Eles entenderão e, com o tempo, respeitarão imediatamente sua postura.

Tornando os lugares proibidos menos interessantes

Como ensinar o gato a não subir nas coisas

Gatos sobem em lugares que acham interessantes. São naturalmente curiosos. Verdadeiros explorados, de modo muito sincero.

Contudo, se o local proibido não tem nada de mais, eles não terão motivação alguma para subir.

Ensinar o gato a não subir nas coisas é um ato que deve ser acompanhado por organização e limpeza.

Mesas de jantar, por questões de higiene, são lugares que não devem ser visitados por eles. Assim, se não tiverem comida — ou seus restos —, torna-se mais fácil que não subam.

Do mesmo modo, itens com aparência de brinquedos os convidam à escalada. Decorações sóbrias resolvem isso facilmente.

Fornecendo alternativas seguras e permitidas, organizar-se resolve a outra metade do esforço. Pode apostar.

Desviando o foco do seu amigão

Outra alternativa muito válida para ensinar o gato a não subir nas coisas é desviar seu foco.

Isso já será, em partes, feito pela casa de cuco ou prateleira especial. Mas você pode ir além. Redes e grades especiais entregarão o que querem onde podem utilizar.

Ainda, se o chão for seguro, distribuir brinquedos os manterá ocupados e alegres. E não precisa de muita coisa: novelos de lã e bolinhas penduradas são itens que eles amam.

Unindo esses elementos com as broncas adequadas, seu gato aprenderá num piscar de olhos a não subir onde não deve.

Boa sorte com a tarefa e, encontrando problemas, conte conosco. Basta deixar sua dúvida ou dificuldade no campo dos comentários. Teremos muito prazer em te ajudar.

Compartilhe a matéria com seus contatos. E esteja sempre por aqui.

É um prazer ter você conosco, pet lover.

Até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *