Início » A beleza rara do gato albino e os cuidados que ele precisa

A beleza rara do gato albino e os cuidados que ele precisa

O gato albino é, sem dúvida, um dos mais raros e bonitos entre os felinos da sua espécie.

Por isso, a seguir, é possível saber como diferenciá-lo do gato branco comum e quais são as características físicas.

Também abordaremos aspectos em relação a sua saúde, dados importantes para quem deseja ter em casa.

Características de um gato albino

São animais brancos por completo, com olhos azuis ou verdes muito claros.

Além disso, as extremidades como focinho, boca, ao redor dos olhos, orelhas e patinhas tem a cor rosa suave que está em todo o corpo do animal.

Diferenças entre um gato branco e um gato albino

Diferença entre gato albino e o gato branco.

Antes de tudo, embora os gatos branco e albino sejam muito semelhantes na sua aparência física, há diferenças cruciais que ajudam a identificar qual é cada um.

O primeiro aspecto a se observar é a cor que está no corpo dele. Os brancos podem ter manchas em outras cores, como pêlos avermelhados, cinzas ou pretos.

Mesmo que tenha olhos azuis, essa cor é mais forte e escura e a sua pele não é tão rosada.

Por outro lado, em um gato albino, não há variação alguma nos seus olhos, pêlos ou pele.

Assim, ele se mantém em tons muito claros, diferente do branco. Portanto, você pode observar essas características e identificar.

O porquê eles são albinos

Qualquer espécie animal pode apresentar essa anomalia. Mas, o índice entre os felinos é maior se comparado ao dos cães, o que pode indicar que eles são mais propensos a desenvolver o albinismo.

Genética para as cores dos gatos

Gato Albino

A diversidade das pelagens desses animais pode enganar a muitos. Isso porque, existem apenas três genes que determinam a cor branca, preta e a vermelha.

Portanto, as diferenças que eles apresentam se encontram apenas na manifestação externa.

Desse modo, um gato branco possui pelo menos dois desses genes. No entanto, o que determina a cor branca, diferente dos demais, é o W/w e ele não está ligado ao sexo.

Então, quando ele está presente no DNA do felino, inibe as outras cores em parte ou por inteiro.

Já no gato albino, o que acontece é uma mutação genética em que o organismo dele não consegue produzir a enzima responsável pela melanina.

Isso acontece quando o gene C/c, que é recessivo, está presente e impede a manifestação de qualquer cor.

É importante lembrar que esses dois genes podem causar complicações na saúde do gato, em especial, na visão e na audição. Por isso, precisam de cuidados específicos.

Como é a saúde de um gato albino

Por conta da deficiência de melanina, esses felinos estão mais propensos a desenvolver problemas não apenas na visão e na audição, mas também na pele.

Aliás, essa é a principal dificuldade para mantê-lo saudável.

Os problemas de saúde mais comuns

Uma das funções da melanina é proteger o corpo dos raios UV, que são ruins para a saúde.

Com a falta dela, portanto, o gato albino sofre mais com a ação dos mesmos e pode desenvolver desde pequenas feridas a um câncer de pele, caso fique exposto ao sol.

A chance de perder a visão também é maior entre os gatos albinos, já que não possuem proteção e não conseguem filtrar bem a luz solar.

Aliás, muitos deles já nascem cegos ou surdos, ou até mesmo com as duas condições.

Nesse caso, os veterinários as vezes chegam a indicar a eutanásia, afinal, esse animal vai ter problemas para entender e interagir com o ambiente.

Além disso, podem crescer depressivos e agressivos tanto com as pessoas, quanto com outros animais.

Mesmo não apresentando cegueira ou surdez, eles podem ter um comportamento diferente por conta do corpo sensível ao sol.

Pois, com isso não podem explorar tanto o seu território, o que é característico da espécie.

É possível ter um gato albino

Diante das dificuldades, também é um felino que exige mais cuidados do que as demais raças.

Mas, isso pode ser um ponto positivo para quem aprecia a convivência com esse pet.

O que é preciso para cuidar de um gato albino

Para quem deseja ter ou já tem um desses em casa, é preciso ter alguns cuidados tanto com a organização da casa, quanto com as visitas ao veterinário. Portanto, é essencial:

  • Manter o gato albino sempre em casa;
  • Evitar mudar os móveis de lugar;
  • Comprar protetor solar específico para eles;
  • Ter alguém sempre em casa para cuidar dele.

Entenda o motivo de cada uma das dicas acima

Como eles não têm a proteção natural do organismo contra os raios UV, é essencial que eles fiquem sempre dentro de casa e saiam apenas nos horários sem a presença do sol.

Dito isso, como também podem ter problemas de visão, o ideal é que a casa fique com a mesma organização por muito tempo. Isso evita que o gato albino esbarre em um móvel e se machuque ou fique estressado.

Para os horários de luz solar, existem protetores para gatos que vão evitar qualquer irritação.

Então, alguém deve observar para que eles não fiquem se lambendo e tirando o produto, pois isso pode iniciar inflamações.

Além disso, mantenha as vacinas em dia e não deixe de consultar o veterinário sobre o melhor vermífugo.

Veja também nosso artigo sobre 👉🏾Coisas que você pode fazer para seu pet viver mais.

Não compre um gato albino

Não compre um gato albino

Por estar nessa condição rara, muitos se interessam por levá-los a exposições ou vendê-los para fazer o cruzamento com outros que também possuem o albinismo.

Mas, não se recomenda essa prática, visto que ela têm consequências negativas na saúde dos gatos.

O gato albino vive sob condições muito restritas se comparado aos outros da sua espécie que não têm o albinismo. Portanto, cruzar esses gatos não é bom para eles.

Brinque com o seu felino

Assim como outros gatos, esse também é curioso e está na sua natureza explorar lugares diferentes tanto dentro quanto fora de casa.

Então, não sair tanto não significa que eles precisam ficar o dia inteiro apenas dormindo, isso vai deixá-los deprimidos, sem dúvida.

Existem muitas opções de brinquedos e dinâmicas para divertir um gato albino e fazer a vida dele melhor e mais tranquila.

Aliás, muitos desses itens estimulam as suas capacidades e evitam que eles fiquem tristes e sem estímulo.

Finalizamos por aqui esse assunto. Esperamos que tenha sido útil pra você. Caso você tenha gostado e queira participar, deixe seu comentário aqui abaixo.

Um abraço e até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima