Gatos em Apartamentos

Como criar gatos em apartamento

Não importa o tamanho, criar gatos em apartamento é fácil e descomplicado. Basta realizar as adequações do ambiente para que o bichano se divirta e viva em paz.

Hoje, mostraremos quais são os passos para tornar o apartamento amigável para eles. Então, olhos atentos, e siga-nos até o final. Combinado?

É completamente possível criar gatos em apartamentos

Sendo animais geralmente tranquilos e dorminhocos, é simples criar gatos em apartamento.

Obviamente, faz-se importante considerar a quantidade de animais. Caso contrário, será impossível manter a higiene e a ordem do ambiente.

Muitos gatos juntos podem acabar brigando. E, certamente, não é isso que queremos.

Contudo, para um dois gatos, os apartamentos podem ser perfeitos.

Assim, antes mesmo de adotar seu primeiro gatinho, pense em tudo. Pode contar com nossa ajuda.

Segurança é prioridade ao criar gatos em apartamento

A primeira adequação, ao criar gatos em apartamento, diz respeito à segurança. Já que os espaços são reduzidos, riscos se apresentam em todo canto.

Maior o perigo, maior atenção. Por isso, considere cada item de acordo ao risco que apresenta à vida do animal.

Se há sacada ou varanda, ela deve estar plenamente telada. Afinal, gatos são curiosos por natureza. Sem mencionar que adoram subir em coisas.

Determinadas quedas podem colocar o gatinho em risco de morte. Especialmente nas alturas entre 5 e 9 metros.

Isso ocorre porque não há tempo suficiente para o gato se colocar em pé. Ele pode cair de mau jeito, sofrendo fraturas e perfuração de órgãos.

A preocupação com telas e grades também deve ser reproduzida nas janelas e demais acessos. Mesmo a ventilação do banheiro deve ser protegida.

Mas não acaba por aí. É importante, também, que o gato possua um corredor desobstruído. Eles adoram correr. Impactos bruscos, durante os piques, podem feri-los.

Preze, também, pela saúde, ao criar gatos em apartamento

Outro ponto importante de criar gatos em apartamento diz respeito à saúde dos pets. E, neste ponto, falamos da proteção de tóxicos. Especialmente produtos de limpeza.

Como o apartamento precisa ser bem aproveitado, descuida-se de alguns cuidados básicos. O principal, e mais grave, é a proteção de tóxicos e produtos de limpeza.

Sob nenhuma circunstância, permita que estes produtos estejam ao alcance do felino. Sua inalação, ingestão ou contato com mucosas podem ter graves consequências.

Feche bem armários de produtos de limpeza e higiene humana. Evite xampus e cremes em prateleiras desprotegidas. E cuidado com maquiagens e afins. Podem ser perigosos.

Mantendo a limpeza e organização diária, será bastante seguro criar gatos em apartamentos sem sustos.

Cuidado com as plantas que possui no apartamento

Gatos, de modo geral, adoram roer plantas. E não se espante se os vir mordendo cactos. É um hábito comum entre eles, mesmo que pareça aflitivo.

Por isso, tenha cuidado com plantas venenosas que possa ter. Mesmo sem saber! Visite uma sementeira, caso tenha dúvida sobre alguma.

Faça, do apartamento, um local divertido para os gatos

Gatos em apartamento

O tédio é um grande inimigo dos gatos. Especialmente em apartamentos pequenos.

Por esse motivo certifique-se de colocar à disposição deles brinquedos e outros itens. Casas de cuco podem unir o bom com o agradável sem muitos custos.

Eles ajudam a ensinar o gato não subir nas coisas e a não arranhar os móveis. De quebra, ainda funcionam maravilhosamente como esconderijos. E dos melhores: seguros e confortáveis.

Esconderijos são mandatórios, para boa relação de vocês. E, como o espaço é pequeno, uni-los a um arranhador resolve vários problemas com um só item.

Além disso, espalhar brinquedos pelo chão os deixa menos ansiosos e depressivos. Apenas lembre-se de revezá-los, para que o gato não enjoe deles.

Conciliando o apartamento com a vida curiosa

Criar gatos em apartamentos muito isolados pode deprimi-los. Mas isso pode ser resolvido facilmente.

Com ajuda de um peitoral, você pode levar seu amigão para passear na área comum. É um processo. Não tenho pressa. Ele precisa aprender a confiar em você e no ambiente.

De início, os gatos rejeitam coleiras e peitorais. Contudo percebem como é possível desfrutar da natureza com a companhia do seu humano do coração.

Tome cuidado, no entanto, com crianças e cães, do local. Eles podem assustá-lo, transformando o passeio em pesadelo.

Numa hipótese ruim, não o seguro. Largue a guia e o permita subir em algo, como uma árvore. Ele irá se acalmar e aceitar voltar para casa. Apenas cuide para que não fuja para longe.

A castração pode ser a solução para criar gatos em apartamento

Castração é um assunto delicado. Eu sei. E é importante que todos saibamos disso.

Porém um dos benefícios da castração é, justamente, a mudança comportamental. Animais castrados tendem a ser mais sedentários e caseiros.

Isso pode colaborar com o ambiente reduzido, comum a apartamentos.

Todavia não se apresse em decidir. Leia nossa matéria, linkada acima, e converse com seu veterinário. Temos que colocar o bem estar do gatinho em primeiro lugar, tudo bem?

E então? Viu como é fácil e possível criar gatos em apartamentos? Reparou como estarão bem, se fizermos tudo certo?

Assim, não se prive da delícia da amizade felina por causa do espaço. Você o fará feliz por seu amor, não por outras coisas. Basta respeitar seus desejos e necessidades, também.

Compartilhe com seus amigos que têm medo de criar gatos em apartamentos. Ensine-os o caminho a seguir.

E lembre-se: adotar, e não comprar, é a maior prova de amor aos nossos bichinhos.

Volte sempre, amigo pet lover. Você é muito importante para nós!

Até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *