Início » Galinha sedosa: a raça mais exótica da espécie
Galinha sedosa

Galinha sedosa: a raça mais exótica da espécie

A galinha sedosa é uma raça que chama a atenção não só por sua aparência, mas também por seu comportamento e é a opção favorita das exibições de aves.

Portanto, a seguir, conheça mais um pouco sobre a origem e particularidades da espécie.

Características da galinha sedosa

Características da galinha sedosa

A sua aparência é muito diferente de outras aves da mesma espécie, em especial, a forma e a quantidade de penas que ela possui.

Assim, em primeiro lugar, o porte dela é pequeno e a média de peso delas é um quilo.

Com um corpo em formato de coração, a sua variação de cores apresenta plumagem:

  • Branca;
  • Vermelha;
  • Azul;
  • Preta;
  • Amarela.

A pele e os ossos dela são azuis ou pretos, por conta da presença da substância fibromelanose.

Mesmo com essa característica marcante, a cor dos ovos da galinha sedosa não é diferente dos de outras aves.

O seu bico é cinza ou azul, olhos pretos e o lóbulo da orelha tem um tom de turquesa e possui cinco dedos, aliás, um a mais do que a maioria.

A plumagem cobre o corpo todo e forma topetes e barbas, mas muitas penas próximas aos olhos podem atrapalhar a sua visão.

Então, os criadores podem optar por aparar, segundo a aparência que desejam para levar a exposição.

Saiba o motivo das penas diferentes

Elas não possuem barbicelas, ganchos minúsculos que ajudam no entrelaçamento das penas. Assim, o gene responsável por essa característica é o hh, recessivo.

Origem da galinha sedosa

Por muito tempo, acreditou-se que o frango de seda tinha origem japonesa. Mas, hoje acredita-se que ela veio da China e que as galinhas japonesas que causaram essa confusão seriam apenas de uma linhagem dela.

Isso influencia o modo de chamá-la, pois é mais comum conhecê-la por galinha japonesa ou sedosa japonesa.

Além do nome, um fato interessante aconteceu quando ela chegou à Europa, no ano de 1800.

Alguns disseram que a galinha sedosa era fruto do cruzamento entre uma galinha e um coelho.

O boato também questiona se foi daí que surgiu o coelhinho da Páscoa, que coloca ovos também.

O que, de fato, se tem certeza é que essa raça existe desde pouco antes de Cristo, aproximadamente, duzentos anos.

A sua referência mais antiga foi no século XIII, por Marco Polo, que fez uma descrição de um animal com essas características.

Curiosidades sobre a galinha sedosa

Galinha sedosa são dóceis

Além de ser considerada uma ave ornamental e ótima para levar em exposições, ela também é um animal de estimação de muitos criadores.

Isso se deve não só a sua aparência, mas também ao seu comportamento dócil.

Para quem deseja ter a galinha sedosa como pet, portanto, é importante começar a cuidar desde bem pequena para domesticá-la.

Isso porque, as sedosas adultas que já estão acostumadas com mais liberdade e podem não gostar muito desse novo tratamento.

Já para a medicina chinesa e japonesa, a carne de um frango de seda pode beneficiar a saúde e retardar o envelhecimento.

Afinal, há maior concentração de carnitina do que em outros frangos e sua aparência exótica o transforma em uma iguaria.

Vida e produção

Em geral, uma galinha sedosa vive de sete a nove anos e sua produção de ovos está dentro da média de outras galinhas, até 120 em um ano bom.

No entanto, a qualidade e quantidade de ovos é decaem um pouco após os quatro anos de vida.

Saiba ainda que elas têm uma tendência a chocar os ovos muito cedo, o que interrompe seus períodos produtivos.

Mas, muitos criadores a aproveitam para cuidar de filhotes de outras raças, já que elas são mais dóceis.

A sua saúde

Essa raça tem uma boa saúde e não apresenta problemas graves em relação a outras galinhas.

O mais comum, porém, é que sofram mais com infestações de piolhos por conta da sua plumagem.

Custo de uma galinha sedosa

No Brasil, o valor pode mudar de acordo com a região, o padrão genético e a fase da vida em que ela está.

Assim, os ovos são mais baratos do que as galinhas adultas. Dessa maneira, a média de preço está assim:

Pintinho de galinha sedosa
  • De 8 a 15 reais para um ovo fértil;
  • Entre 15 e 50 reais para um filhote;
  • De 80 a 300 reais para um frango adulto.

Existem lojas físicas e online para os interessados em adquirir uma galinha sedosa, mas o mais indicado é que comprem em regiões mais próximas.

Já que, evita-se os riscos de quebrar os ovos no caminho e as aves não sofrem tanto com o transporte.

Ambiente ideal para criar uma sedosa

Há quem as mantenha como um pet qualquer dentro de casa e essa é uma boa alternativa também.

Por outro lado, para os que desejam ter essa galinha no quintal, é importante ter alguns cuidados e espaços reservados para a raça.

Por ser menor e mais dócil que outras espécies, a adaptação das outras galinhas com a sedosa pode ser difícil no início e podem até atacá-la. Além disso, são alvos fáceis para outros predadores domésticos como os gatos e cachorros.

Sendo assim, a galinha sedosa também precisa de um espaço isolado pelo menos até que os outros animais estejam familiarizados com ela.

Então, uma sugestão é construir cercados e viveiros que tenham areia e vegetação sob a luz do sol.

Já a alimentação delas não difere muito da de outras raças e ela não tem uma dieta exigente.

Mas, para que fiquem no seu melhor estado e saudáveis para produzir bons ovos, é essencial incluir:

  • Sementes como o milho, o trigo e o arroz;
  • Vegetais;
  • Frutas secas;
  • Rações para galinhas.

Cuidados especiais

É importante incluir na rotina de cuidados a limpeza das penas, para evitar que fiquem úmidas ou infeste com piolhos e outros bichos.

Além disso, aparar aquelas que estão perto dos olhos melhora a visão e a locomoção delas.

O que ela não pode comer

A carne é o principal alimento que não deve fazer parte da dieta da galinha sedosa, pois pode ser ruim para o organismo dela, bem como produtos muito processados.

Frango de seda é uma boa opção

Para quem só quer ter um animal de estimação exótico com preço mais acessível, essa pode ser a opção ideal.

Também pode ser uma ótima ideia para quem deseja criar em grande escala e cruzá-los para atingir os padrões de raça pura europeu.

Isso porque apesar de ter uma aparência peculiar não é muito diferente das galinhas comuns no tocante aos cuidados. Então é só ajeitar o espaço e começar sua criação.

Sendo assim chegamos ao final do nosso artigo. Se você achou interessante, participe no campo de comentários abaixo.

Obrigada por nos prestigiar com sua leitura e volte sempre que precisar. Nesse caso recomendamos também que aprecie outros artigos como: Cacatua: preço, características e como adquirir? e Calopsita – Saiba mais sobre a ave e como obtê-la .

Um abraço e até a próxima

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima