Saúde do seu Pet

Dicas para cuidar da saúde do seu pet

A saúde do seu pet deve ser uma prioridade em sua vida. Nada é mais triste do que ver nosso amado bichinho doente ou sofrendo, não é verdade?

Por isso, com nossas dicas, você garantirá que a saúde do seu pet esteja sempre em dia!

Alimentação é determinante para a saúde do seu pet

Você, com certeza, já ouviu o ditado “você é o que come”. Ele vale, também, para seu pet.

Por isso é tão importante manter sempre a atenção na alimentação dos pets. Preparamos uma série de matérias especiais para você. Leia as com atenção para saber tudo a esse respeito.

Hidratação constante é uma chave para a saúde do seu pet

Especialmente nos mais peludinhos, o calor pode ser uma sensação muito desagradável. Como não transpiram como nós, os pets precisam constantemente de água, para resfriarem.

Assim, tenha sempre um mais bebedouros de água limpa e fresca para seu amigão. Lave constantemente, e reponha a água com frequência.

Acúmulo de limo, no bebedouro, pode resultar em infecções bacterianas e complicações estomacais.

Segurança também diz respeito à saúde do seu pet

Ao recebermos um bichinho em nossa casa, sua segurança deve ser planejada por nós.

Quinas pontiagudas, pisos soltos, escadas e batentes devem ser evitadas. Sacadas e janelas devem ser protegidas por grades. E, havendo piscina, lonas amarradas podem evitar acidentes.

O que queremos, com tudo isso, é que nossa casa seja confortável e acessível para eles. Acidentes, mesmo leves, podem comprometer gravemente a saúde do seu pet.

Bebês e idosos merecem ainda mais atenção. Se portarem necessidades especiais, sua residência deve ser adaptada e inclusiva.

E lembre-se de evitar ao máximo fugas ou corridas pelas ruas. Mesmo em locais calmos, um atropelamento seria um verdadeiro pesadelo.

Sobre os passeios, opte sempre pela coleira ou peitoral mais confortável. Enforcados nem pensar! Eles ferem a garganta e atrapalham a respiração do seu amigo.

Outro ponto importante repousa no percurso. O chão jamais pode estar quente demais. Isso provocaria graves queimaduras no tecidos dos dedos.

Ainda, certifique-se de não caminhar com ele por locais com espinhos ou animais peçonhentos. Uma simples picada de escorpião pode, inclusive, ameaçar sua vida!

Deparando-se com outros cães — especialmente soltos —, tome a dianteira de defesa. Cães de rua não atacam, em condições normais, quando o ser humano reage.

Basta, então, bater os pés e dar comandos vocais. Mas nunca agrida os pobres bichos. Eles apenas estão reagindo ao que entendem ser uma ameaça.

Caso seu pet seja pequeno, não hesite em pegá-lo nos braços. Isso impedirá que outro animal o alcance, evitando que se fira.

Higiene contribuindo para a saúde do seu pet

Outro aspecto importantíssimo da manutenção da saúde do seu pet é a higiene. Por ela, falamos de tudo: higiene do local de morada e do bichinho em si.

Nunca enclausure o animal em ambientes pequenos. Ele terá necessidades, e nada é mais terrível do que não ter como se deitar ou sentar no piso limpo.

Lixo e coisas largadas podem ser interpretados como comida. A saúde do seu pet será afetada se ele engolir plástico, borracha ou papéis metalizados.

Sacolas e embalagens plásticas ainda podem resultar em asfixia. Deixe, portanto, seu lixo inacessível, preso em latões com tampas.

Quanto a banhos, não exagere nem ignore. Muitos banhos consecutivos enfraquecem a imunidade da pele do animalzinho. É importante que ele produza o sebo natural de seu pelo.

Ter um cão ou gato implica em conviver com um animal. Perfumes e produtos que busquem esconder seu cheiro natural causam alergias. Perda de pelo e pústulas também podem aparecer.

Higiene bucal também é importante

Obviamente, cães não escovam os dentes. Isso implica em acúmulo de tártaro, mau hálito e perda da saúde do seu pet. Perda de dentes e doenças da gengiva devem ser evitadas.

Para isso, há snacks e brinquedos que se encarregam de limpar os resíduos. Aposte em ossos de couro e mordedores especiais para esta tarefa.

Controle de pragas constantemente na mira do bom tutor

Saúde do Pet

A natureza possui um sem fim de riscos para nossos bichinhos. Entre eles, pernilongos, pulgas e carrapatos são um verdadeiro tormento.

No caso de pernilongos, além do incômodo e da coceira, eles transmitem doenças. A leishmaniose visceral, quando contraída, leva ao óbito do animal.

Evite água parada, caixas d’água descobertas e piscinas não tratadas. Controlando pernilongos, toda sua família fica mais saudável.

Quando não houver alternativa, valha-se de ventiladores ou condicionadores de ar. Perto de lagos, rios ou em temporadas de muitos insetos, o vento os impede de pousarem.

Pulgas são um verdadeiro terror. Além de causarem grave desconforto, podem transmitir tifo, causar dermatites, anemia e várias outras doenças.

Sabonetes pesticidas e pepitas dão uma segurança interessante ao seu pet. Evitar contato com animais não tratados também vale muito a pena.

Sobre os carrapatos, toda atenção ainda é pouca. A erliquiose, transmitida pelo aracnídeo, pode ser fatal, além de causar muito sofrimento.

A doença é transmitida pela permanência do parasita na pele do animal. Gatos, por sua flexibilidade, dificilmente são afetas. Cães, no entanto, são vítimas perfeitas.

Carrapatos são incrivelmente resistentes a pesticidas. Ainda, podem permanecer incontáveis dias sem se alimentarem.

Quintais dedetizados, grama aparada e pepitas funcionam muito bem. Todavia verifique com frequência as orelhas, focinho e parte interna dos dedos de seu cão.

Saiba que um único carrapato já representa uma infestação. Uma fêmea sozinha é capaz de dar à luz milhares de novos carrapatos.

Nestes casos, não hesite em dedetizar toda a sua casa. Exterminadores têm experiência de sobra em identificar os esconderijos e acabar com eles.

Ah! E lembre-se: nunca retire um carrapato com as próprias mãos. O ferrão pode permanecer na pele, gerando doenças e irritações agudas.

Ao remover uma destas pragas, mergulhe em álcool e, mais tarde, queime-a. Pisar ou espremer espalha os ovos.

Exercícios físicas para a saúde do seu pet

Especialmente depois de uma castração, exercícios físicos devem fazer parte da rotina do seu pet.

Entretanto todo e qualquer bichinho precisa deles. Passeios, escaladas, corridas fortalecem os músculos e o coração dos pets.

Além disso, a diversão evita ansiedade e depressão.

Por fim, os exercícios ainda fazem mais pela saúde do seu pet: o combate à obesidade. Gatos e cães precisam e merecem se divertir e brincar bastante.

Vacinação sempre!

Vacinar é um ato de amor com seu cãozinho. E não apenas a vacina antirrábica. Muitas doenças podem ser evitadas pelo uso delas.

Desde bebê, vacine seu cão para as principais doenças. E informe-se sobre as doenças mais frequentes na cidade em que você mora.

Brinquedos fazem muito para seu pet

A saúde do seu pet não deve ser apenas física. Sendo senciente, ele também precisa de equilíbrio emocional.

Doenças como depressão e ansiedade são comuns quando eles ficam sozinhos. Por isso é importante que tenham com o que se ocupar, nestes momentos.

Mas atenção: muitos brinquedos não necessariamente resolvem. O animal se acostuma, perdendo o interesse neles.

Reveze quais brinquedos estarão ao alcance do seu pet. Guarde alguns e, a cada semana, faça a troca.

Visite regularmente seu veterinário de confiança

Saúde do seu Pet

Você, provavelmente, dá seu melhor pela saúde do seu pet.  Porém, ainda assim, o veterinário tem um papel importantíssimo na tarefa.

Exames regulares garantem diagnósticos rápidos. Além do mais, o veterinário terá mais intimidade com seu bichinho. Isso oferece mais precisão a suas percepções.

Agora, você já sabe tudo que precisa saber para ter um pet feliz e saudável. Seguindo todas as recomendações, a vida de vocês será mais longa e amigável.

Compartilhe esta matéria em suas redes sociais. Todo bichinho merece ser tratado com carinho e respeito, não é mesmo?

E, se alguma dúvida permanecer, basta nos escrever, no campo de comentários. Será um prazer ajudar você a melhorar a saúde dos pets de sua vida.

Até mais, pet lover! Esteja sempre conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *