Início » Hamster: curiosidades, cuidados e principais raças
Hamister

Hamster: curiosidades, cuidados e principais raças

O hamster é um animal dócil, extremamente limpo, divertido e, acima de tudo, um companheiro pra toda hora.

Não é a toa que este pequeno roedor se tornou um dos animais de estimação mais populares do Brasil.

hamster fofo

Isso sem contar que ele é também amado em várias partes do mundo. Trata-se de um bichinho tão fofo que vem despertando o interesse até daqueles mais resistentes.

No entanto, você sabe quanto custa um hamster? Sabe quais cuidados deve ter para proporcionar saúde e bem-estar de qualidade a esse animal?

Para responder essas e outras perguntas, criamos este artigo completo falando sobre estes bichinhos felpudos e ariscos, que se tornaram os queridinhos das crianças.

Aqui tem todas as dicas pra você não errar na hora de escolher o hamster de estimação ideal.

Agora, sem enrolações, vamos ao texto!

Características do hamster

Os hamsters são mamíferos roedores de pequeno porte da subfamília Cricetinae.

Embora muitas pessoas não saibam mas, os hamsters não são animais brasileiros!

Isso mesmo, estamos falando de uma espécies exóticas, entretanto é legalizada pelo IBAMA para serem comercializadas e criadas no Brasil.

Estes pequenos roedores têm sua origem na África e Ásia, considerando que existe cerca de 24 espécies catalogadas com traços bastante semelhantes entre elas.

A seguir, falamos um pouco mais sobre as principais características, espécies que podem ser criadas aqui no Brasil e demais curiosidades. Confira!

Informações gerais sobre os hamsters

O hamster é um animal roedor, por isso, não é de se espantar que ele tenha dentes incisivos grandes e que estejam em constante desenvolvimento.

Por este motivo, os hamsters precisam sempre estar roendo algum alimento para poderem controlar o crescimento de seus dentes.

roedor hamster

Assim eles mantém o tamanho ideal de seus dentes, evitando que isso prejudique o seu bem-estar e a sua saúde.

Os hamsters tem em média uma expectativa de vida pequena, se comparado aos outros animais de estimação.

Normalmente, eles podem viver até dois anos sem o acasalamento, porém essa idade pode se estender por até quatro anos.

São fatores como habitat, condições do ambiente e alimentação que influenciam diretamente em sua expectativa de vida.

Atualmente, são encontrados em diversas regiões do mundo, em especial nas regiões semiáridas.

Nessas regiões eles costumam viver em tocas ou cavernas subterrâneas para se protegerem dos predadores, descansarem e também para estocar suprimentos.

Além disso, é importante observar que possuem uma preferência maior por temperaturas baixas.

Visto que na natureza eles dormem durante todo o período do dia e só saem para caçar à noite.

Embora não possuam tanta capacidade para enxergar, estes roedores possuem uma audição extraordinária, além de um olfato apurado.

Outra característica importante é em relação à presença de bochechas dilatáveis.

Bochechas do hamster

Assim, quando precisam levar alimentos para seus filhotes ou os armazenarem em suas tocas, a bochecha se expande para poderem carregar estas comidas.

Aliás, apesar destes bichinhos tenderem para um comportamento mais individualista, eles dispõem de habilidades que os permitem decorar e até mesmo aprender alguns truques.

Por sinal, são completamente independentes, o que significa que você não precisa aplicar vacinas ou dar banhos.

Então você pode curtir o seu bichinho tranquilamente, pois, essas espécies não transmitem nenhum tipo de doença aos seres humanos.

Mas é claro, desde que existam condições de vida favoráveis à manutenção da sua saúde. Isso inclui alimentação, água de qualidade, gaiola confortável e limpa e, etc.

Algumas raças autorizadas para criação no Brasil

Você sabia que nem todas as raças de hamster podem ser criadas como animal de estimação?

Das 24 raças catalogadas até o momento, apenas cinco delas são autorizadas para venda e criação no Brasil. Confira detalhes sobre as principais:

Hamster Anão Russo

Este pequeno roedor possui não mais que apenas 10 cm de comprimento.

Além disso, apresentam uma pelagem bem curta e macia, assim como são consideradas algumas das espécies de hamsters mais ariscas.

Por serem extremamente agitados, é necessário transformar a sua gaiola em um verdadeiro parque de diversões.

Também costumam ser dóceis e se adaptam rapidamente com os seus tutores.

Mas considere que este é um animal de estimação bem pequeno. Sendo assim fique atento às grades da gaiola, é bom elas terem menos espaçamento.

Outro ponto de atenção são os alimentos menores que facilitem a sua refeição.

Assim também acontece com a espécie de Hamster Roborovski, falaremos dele adiante.

Hamster Panda

hamster panda

Muito similar ao Hamster Sírio, o que o diferencia é a coloração em que se apresenta.

Geralmente com a cabeça preta e o restante do corpo em tons claros ou brancos. Muito parecido ao animal que o presenteou com este nome, o panda.

Também, é esta uma das características que o fez tornar um roedor queridinho entras crianças. Seu pelo é curtinho, um corpo robusto e uma cauda ligeiramente curta.

Além disso, são excepcionalmente inteligentes e brincalhões, o que significa que você terá de prover brinquedos para que eles possam se divertir.

Hamster Sírio

Os Sírios requerem uma atenção maior se você estiver pensando em adquiri-los como bichinhos de estimação.

Ele é uma das raças mais populares e também a maior delas, podendo atingir um comprimento de expressivos 17 cm.

Por isso, é importante que sua refeição seja maior se comparada a outras raças.

Aliás, são animais onívoros, o que significa que além da ração balanceada, será preciso ofertar verduras e também pequenos insetos.

Todavia, é importante notar que eles podem viver até os 2 anos, sendo necessário dispor de uma gaiola maior e que de preferência seja individual.

Afinal, espaços apertados podem causar estresse no animal e posteriormente prejudicar a sua saúde.

No mais, são animais completamente dóceis e se relacionam muito bem com os seres humanos e, novamente, talvez você o pegue cochilando durante o dia – o que é super normal.

Cuidados que você precisa manter antes de comprar um hamster

hamster casinha de coco

Antes de mais nada, é preciso pensar no espaço fornecido pela gaiola.

Por serem roedores pequeninos, é normal pensarmos que não seja necessário de tanto espaço.

Mas, na realidade, eles precisam de um espaço tão grande quanto qualquer outro animal, tais como aves ou coelhos.

Lembre-se, portanto, que em seu habitat eles costumam andar longos percursos à procura de comida, o que também é evidenciado por suas bochechas dilatáveis.

Por isso, ao comprar uma gaiola, escolha uma que ofereça grande espaço para que ele possa correr e brincar – espaços menores podem deixá-lo estressado e até mesmo triste.

Em relação à higiene, é importante que você tenha uma rotina regular de limpeza.

É considerado limpar a gaiola do hamster pelo menos duas vezes por semana. Isso porque a limpeza do próprio animal está muito relacionada à limpeza do seu recinto.

Portanto, utilize sabão neutro e água para limpá-la, e não se esqueça que é importante esperar que ela seque por completo.

Em seguida, faça a higienização do forro da gaiola. Uma boa dica é sempre colocar serragens para que ele se sinta confortável.

Mantendo essa limpeza semanal em dia, o cotidiano fica mais fácil.

Isso porque é muito importante realizar uma limpeza diária. Ou seja tirar as sujeiras mais pesadas, tais como excrementos e urinas.

E por falar em limpeza é importante lembrar: não dê banhos ao seu hamster.

Por natureza, eles já são animais higiênicos, nesse sentido um pouco parecidos com os gatos e as chinchilas. Alias, depois de uma olhada no nosso artigo sobre as Chinchilas.

Outras dicas e cuidados básicos

Ainda que este seja um animal dócil e extremamente adaptável, é importante saber que eles são super assustados e tendem a se defender com mordidas quando se sentem ameaçados.

Por isso, sempre que for interagir com eles, tome o máximo de cuidado para não estressá-los e acabar cometendo algum acidente. O que será ruim para os dois.

Além disso, tenha em mente que eles não possuem grandes capacidades para enxergar as coisas à sua volta.

Sendo assim, eles se orientam através de seus bigodes, o que significa que você não deve cortá-los.

Qualquer tutor que ama lidar com roedores, sabe muito bem que eles são atletas natos.

Neste sentido, é importante que o animal tenha condições para se exercitar e brincar a hora que quiser.

Portanto, invista em acessórios e brinquedos que o mantenha sempre ativo.

Alguns itens indispensáveis são as rodas de corrida e as bolas próprias para roedores.

Bola para hamster

Elas permitem que os animais possam passear protegidos pela casa enquanto se movimentam. Clique aqui e conheça mais opções de brinquedos.

Mas é claro, nada de deixá-lo correndo pra lá e pra cá – no máximo 20 minutos. Além de cansá-lo, você também poderá desencadear um comportamento estressante.

Afinal, qual o preço de um hamster? Como adquirir?

Por serem animais de estimação exóticos, é importante que a sua aquisição seja feita através de criadores autorizados para a venda e criação destas espécies.

Assim, além de garantir a compra de um animal saudável, você também estará contribuindo para o fim dos maus tratos e o contrabando ilegal de espécies.

Apesar do custo para adquirir e manter um hamster, não serem tão altas, é importante ter em mente que este é um animal de estimação como qualquer outro.

Eles necessitam de consultas médicas periódicas, cuidados básicos fundamentais e bastante dedicação.

O valor inicial para cuidar deste animal é um pouco mais alto, tendo em vista os investimentos com acessórios, brinquedos e a própria gaiola.

Porém, em uma faixa de preço de não mais que R$ 300,00 a R$ 400,00. O preço médio de um hamster no Brasil, por exemplo, é de apenas R$ 15,00.

Conclusão

Apesar do seu instinto de defesa, o hamster não é um animal perigoso.

À medida que ele se torna mais próximo do tutor e reconhece o seu cheiro, menores serão as chances dele atacar ou ficar assustado por menores que os movimentos sejam.

Hamster de estimação

Além disso, uma curiosidade destes pequeninos animais é que eles são capazes de entender o seu próprio nome.

Assim, basta que você diga o seu nome constantemente, que ele começará a assimilar e atender quando for chamado.

Então, sempre que puder, chame-o pelo seu nome.

Por fim, tenha consciência de jamais adotar um animal só por adotar. Acima de tudo, é preciso ter responsabilidade. Lembre-se disso.

E aí, o que achou do nosso artigo? Já sabia de todas estas informações? Acha que esquecemos de alguma coisa? Escreva para gente nos comentários.

Obrigada por estar aqui conosco. Volte sempre e então até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima